Depois de Git Gone, o quinto episódio de Deuses Americanos volta para a fórmula que já conhecíamos, com o “conto inicial” antes da história principal começar. Apesar de voltar ao que a série já andava fazendo, Lemon Scented You explica coisas que ainda estavam no ar até o momento.

Começando logo depois do último episódio, Lemon Scented You mostra o tão esperado encontro entre Shadow e Laura. Também finalmente conseguimos ver um pouco mais dos deuses novos e entender um pouco mais sobre o problema entre eles e Wednesday.

Lemon Scented You tem alguns momentos que não são tão fortes quanto a série gostaria, mas realmente levanta assuntos que são necessários para entender o universo de Deuses Americanos e a dimensão da tal briga em que Wednesday está metido. Há críticos que consideraram esse o mais fraco de todos até agora, mas eu discordo, Lemon Scented You cumpre bem a proposta e é bem divertido.

O texto contém spoilers do episódio.

American Gods Season 1 2017

Como já mencionado antes, o quinto episódio volta a contar a história de algum deus antes de vermos Shadow e os outros personagens conhecidos. Dessa vez conhecemos Nunyunnini, um deus que não existe mais e isso é muito importante para entender várias coisas de Deuses Americanos. Mídia vai explicar melhor como isso funciona com Wednesday, mas basicamente as divindades na série precisam de alguém que acredite neles para continuarem existindo. Acho que a essa altura do campeonato, muita gente já tinha chegado nessa conclusão, mas ficou oficial agora e tem tudo a ver com o que vai acontecer mais tarde no episódio.

Shadow e Laura se encontram, mas a cena não é tão impactante quanto a série quer que seja. Começando pela primeira preocupação de Shadow, que era a traição de Laura. Eu entendo que deve ser uma droga e essa provavelmente seria a primeira reação que qualquer um teria caso a pessoa estivesse viva, mas Laura morreu e ele acabou de ver um cadáver na frente dele. Shadow não é tão expressivo como os outros personagens, então eu não esperava a reação que Audrey teve, mas achei que ele ficaria mais chocado.

Outra coisa que enfraquece a cena de certa forma é que uma parte é Laura contando o que nós já vimos. Tudo bem que Shadow não sabe, mas o público viu no episódio passado o que aconteceu, como e por que. A personagem não precisava repetir. De qualquer forma, a atuação dos dois segura a cena e a interação fica divertida.

Toda aquela questão do Shadow ser a grande razão da “vida” de Laura é reforçada mais uma vez. Quando eles se beijam, o coração dela bate, dando a entender que ela se sente viva. Eu não sei para onde a série vai levar esse ponto da história, mas eu só não quero que a Laura seja diminuída a isso. Tanto esse quanto o último episódio nos apresentam uma personagem muito interessante e complexa, então eu tenho um pouco de receio aqui.

1280

Finalmente Technical Boy e Mídia aparecem de novo com uma das melhores cenas do episódio. Todo mundo já falou de como a Gillian Anderson estava incrível de Bowie  e Monroe nesse episódio (e ela chamando o Technical Boy de Pretty Thing? Eu dei um gritinho, não vou mentir), mas a atuação dela também prende a atenção acima de qualquer roupa.

Eu simplesmente amo as interações dos deuses novos porque dá para ver em cada fala, cada ato o que eles estão representando. A Mídia está preocupada com a imagem, como as pessoas vão ver as atitudes de Technical Boy. Já ele, de acordo com Mídia, está “apagando fogo com gasolina” que é algo que acontece bastante em discussões em redes sociais. De qualquer forma, os deuses novos estão vendo o que Wednesday está fazendo e não vão ficar parados. Technical Boy diz que se desculpar não resolve o problema e que achar isso é uma ilusão, ao que Mídia responde que ilusões em massa são poderosas, assim como 1938.

Nesse ano, George Welles fez a famosa transmissão de rádio de Guerra dos Mundos, uma história sobre invasão alienígena, o que fez pessoas de fato acreditarem que o mundo estava sendo invadido. É ainda mais legal que Mídia diga isso vestida de Bowie, que teve boa parte de sua carreira relacionada com aliens. Também é interessante que Mídia reconheça que o poder das ilusões existem muito antes dela, não só na rádio, como acontece em Guerra dos Mundos, mas em toda a história da humanidade.

Technical Boy ainda não está convencido e diz que nem todo mundo acreditou que o mundo estava sendo invadido por aliens. E aí está o outro ponto importante sobre como as coisas funcionam no universo da série: não é todo mundo que precisa acreditar em algo, só o suficiente para que a coisa em questão se torne forte o suficiente. No caso de Wednesday, talvez só um baste, que ao que tudo indica talvez seja Shadow no futuro.

American Gods Season 1 2017

Shadow e Wednesday são presos por assaltar um banco, o que era um risco real e Shadow deveria esperar por isso, não? Enfim, como já passou por isso, ele fica quieto durante boa parte do interrogatório enquanto Wednesday fala coisas sem sentido. Quando o policial pergunta o que Wednesday está fazendo, ele responde “você não vai acreditar” e segue falando a verdade. Ao menos aqui nós temos alguma resposta do que está acontecendo, finalmente.

Eu entendo que quem já leu o livro sabia, assim como eu, e também que era possível que algumas pessoas já tivessem adivinhado, mas como vinha dizendo ao longo dessas semanas, a série precisava especificar algumas coisas para não deixar o público completamente perdido. Ponto positivo.

Antes dessa cena do interrogatório acabar, Mad Sweeney tenta pegar a moeda mágica de Laura. É ótimo ver um cara com um jeito todo machão apanhar de uma moça muito menor do que ele. Tudo bem que é graças à moeda, mas mesmo assim Laura “vence” esse confronto. Apesar da força ser novidade, toda a postura e a atitude dela de enfrentar Mad Sweeney é só da personagem. Laura veio para ficar e não vai ter nenhum problema em priorizar a sua vida. E ela também é bem esperta, aproveitando de sua “morte” para que os policiais levem Mad Sweeney embora.

De volta na sala de interrogatório, Shadow e Wednesday ficam na mesma sala, mas ao invés dos policiais voltarem, são os deuses novos que aparecem. Aqui Deuses Americanos abraçam o lado brega em alguns momentos, mas não deixa de ser uma cena tensa. Mídia é ameaçadora, Technical Boy parece acuado e finalmente vemos o Mr. World. Aparentemente o papel dele na série vai ser diferente do que o que acontece no livro, mas tudo bem. Mr. World é uma presença que intimida, ainda mais depois que mostra “um pouco” do que conhece sobre a vida de Shadow.

american-gods-lemon-scented-you-photo007-1495640674026_1280w

Mr. World é como se fosse o líder dos “homens de preto”, que trabalha com os deuses novos. Não é bem como se ele fosse o deus do mundo, mas ele aparentemente sabe tudo que acontece com o mundo, tanto que é ele que entrega Wednesday e Shadow para os policiais. Eu imagino que na série ele acabe sendo uma forma de representar a globalização.

Os deuses novos querem oferecer um acordo: Um míssil na Coréia do Norte para que Wednesday passe a ser venerado lá. Aliás, agora todo mundo já sabe oficialmente quem ele é, né? Confesso que a revelação do livro é mais impactante, mas tudo bem, eu vi várias pessoas já adivinhando desde o primeiro episódio. De qualquer forma, Wednesday recusa, ele não quer ser como um dos deuses novos, que só ocupa o tempo das pessoas, ele quer dar significado para a vida, de acordo com ele era assim que as coisas eram antes. Os tempos mudaram e Wednesday não quer aceitar isso.

Mr. World força Technical Boy a se desculpar e resolve deixar Wednesday e Shadow ir. Não fica óbvio na série o por que disso, mas não é para ficar, então essa por enquanto pode ficar sem explicação. Quando Technical Boy não entende, afinal a internet quer respostas sempre rápidas e não hesita em cair em cima de alguém, Mr. World diz que Wednesday é mais velho e sábio que ele. Querendo ou não, os deuses antigos fazem parte do mundo, por mais que as coisas não sejam como antes. Essa cena é ótima para arrumar vários pontos e é outro momento em que a série mandou bem.

O final também não é tão impactante quanto a série gostaria. Vemos que um monstro meio árvore matou todos os policiais, que não faz muito sentido, mas o suficiente para Shadow e Wednesday saírem dali. Em outro lugar, Laura também levanta dos mortos uma segunda vez e sai andando para… Não sabemos ainda. Será que ela vai continuar tentando ficar ao lado de Shadow?

Eu entendo que algumas pessoas tenham achado esse episódio inferior aos outros, apesar de não concordar. Há momentos que queriam ser mais e acabam não sendo tanto. De qualquer forma, Lemon Scented You aborda alguns pontos que já deviam ter sido mostrados na série e finalmente dão algum sentido para certas coisas. Agora sabemos a missão de Wednesday, conhecemos melhor seus inimigos e também porque Wednesday precisa tanto de Shadow com ele. Não sabemos ainda porque especificamente Shadow, mas isso é algo que provavelmente será guardado para o final.

Originalmente postado em Ideias em Roxo.

%d blogueiros gostam disto: