Depois de uma disputa que movimentou diversos estúdios e produtoras de televisão, Crash Overdrive: How To Save The Internet From Itself, livro de memórias de Zoe Quinn, teve os direitos para adaptação ao cinema comprados pela Pascal Pictures (uma das produtoras do reboot de Ghostbusters).

O livro, que só vai ser lançado em Setembro de 2016, conta a história de como Quinn foi perseguida na internet e teve sua vira revirada depois que um post de blog de seu ex-namorado viralizou. A criadora do jogo Depression Quest forçou a indústria (e os fãs) de video games a se auto-examinarem quando ao invés de fugir do abuso sofrido ela resolveu lutar contra o movimento do Gamer Gate.

A história vai ser adaptada por Rebecca Angelo e Lauren Schuker Blum, com título inicial de Control Alt Delete. Com um time onde a produtora e as duas roteiristas são mulheres a gente pode esperar um filme que talvez consiga tratar o assunto com a seriedade e a sensibilidade necessária. Nomes de várias atrizes começam a circular o projeto, mas Scarlett Johanson parece ter especial interesse nele.

Zoe foi vítima de todo tipo de perseguição online, tendo sua vida ameaçada diversas vezes. Apesar de Scarlett ser uma atriz dentro dos padrões de Hollywood, o interesse dela no papel pode garantir a atenção que o projeto merece.

via Deadline.

%d blogueiros gostam disto: