O comediante Kevin Heart compartilhou em seu instagram a primeira imagem do remake/nova adaptação de Jumanji (1995). Eu sei. Eu realmente sei. Jumanji é um daqueles filmes que eu amo desde a primeira vez que vi, que eu sempre esperei pela continuação e que gerou um dos memes de internet com o qual eu mais me identifico: 

Este meme sou eu.

Eu gosto de manter a minha mente aberta quando escuto que estão fazendo mais uma adaptação e remake, principalmente porque, apesar de achar que Hollywood ia ganhar MUITO se começasse a apostar em projetos novos, também acredito que remakes de “clássicos” são ótimas oportunidades de trazer mais diversidade de gênero, etnia e sexualidade para um público mais tradicional.

Dito isso, a foto revelada hoje mostra que muito pouco se aprendeu nos últimos anos.

A única reação aceitável para esse combo cropped top + shortinho.

Existem algumas questões práticas para serem levantadas sobre porque essa escolha de figurino é idiota. Aqui vai uma pequena lista.
  • Existem mosquitos e outros insetos na selva
  • Existem galhos de árvores nos quais você pode ferir a sua sexy barriguinha
  • Existem galhos de árvores nos quais você pode escorregar e cair de joelho, ferindo os seus sexys joelinhos desnudos
  • É uma selva DENTRO DE UM JOGO MUITO LOUCO, você vai querer estar o mais protegida possível

Mas nem só de problemas de praticidade vive a garota que se aventura numa selva perdida dentro de um jogo. O figurino de Karen deixa em evidência que mais uma vez Hollywood opta por transformar a sua personagem feminina em objeto sexual. Não existe nenhuma explicação no mundo que realmente justifique a escolha de colocar The Rock em calças e camisa cargo, enquanto sua contrapartida feminina usa top e shortinho. Todos os três personagens masculinos estão com os corpos cobertos, incluindo The Rock, que poderia ser o “female gaze” do filme. Essa é uma escolha deliberada, uma escolha velha e que reflete uma visão ultrapassada de personagens femininas.

Mulheres aventureiras não podem ser só mulheres aventureiras, elas precisam ser sexys, precisam estar atraentes aos olhos do espectador masculino. Com a escolha desse figurino a equipe de produção remete às primeiras versões de Lara Croft, versões tão ultrapassadas que a própria já foi além.

Isso tudo, obviamente, não é um ataque à Karen. Ela é uma boa atriz, que chutou bundas e arrasou corações em Guardiões da Galáxia sem que a equipe de produção precisasse recorrer à top+shortinho. O que eu questiono aqui é trazer de volta essa imagem da mulher objeto para dentro dos filmes de ação/fantasia.
a
Nada indica que Jumanji (2017) vai ser um filme que vai quebrar paradigmas, que vai ser um sucesso em qualidade e billheteria, mas ver que as pessoas por trás do filme optaram por sexualizar a que parece ser a única personagem feminina central é bastante decepcionante. Acho que em 2016, depois de Rey, Furiosa, Gamora e tantas outras personagens femininas de ação, eu não esperava que Hollywood resgatasse um tropo tão chato e ultrapassado quanto esse.
  • Fabio Marques Santana

    Que porre! Para começo de conversa uma continuação de Jumanji é desnecessauro. Segundo: Jumanji é uma aventura infanto-juvenil, o que esse bando de adultos chatos estão fazendo no lugar das protagonistas crianças? Terceiro: cadê a criatividade? Se fosse nos anos 80 isso até seria aceitável, mas, adivinha, NÃO ESTAMOS NOS ANOS 80. Quando esse filme lançar eu vou assisitir o Jumanji original e ficar longe dos cinemas.

  • Silver Lady

    Quando vi a foto, tive certeza que você ia falar nessa roupinha ridícula. Disse tudo: Hollywood não aprendeu nada mesmo… e o fato de haver só UMA mulher nesse grupo reforça isso.
    Eu também acrescentaria que cabelo solto não serve para a selva. Vai cair no rosto durante momentos impróprios, bichos e folhinhas se escondem nele, pode emaranhar nos galhos, sem falar no calor da selva tropical… Katniss e Lara Croft usam tranças por um ótimo motivo.

%d blogueiros gostam disto: