Parece que toda vez que a gente se aproxima ou se afasta do lançamento de um novo Blockbuster nós passamos pelo mesmo problema: a falta de bonecos/action figures das personagens femininas dos filmes.

A Hasbro, MAIS UMA VEZ, resolveu cortar a personagem feminina dos seus lançamentos. Em A Era de Ultron a empresa preferiu colocar o vilão Ultron na caixa do grupo do que colocar Viúva Negra. Desta vez ela excluiu Rey. Não faz nem sentido, já que ela era A MAIOR COISA DO POSTER.

Desenhei, pra ver se a Hasbro entende.

Nada de Rey. Nada de Phasma.

Quem primeiro notou a falta de Rey foi o site Geek Girl Authority, mas confesso que eu já andava olhando vitrine de loja de brinquedo na espreita, procurando a garota. O site mostra uma foto que parece ser reflexo de TODAS as linhas de blockbusters da empresa: faltam as personagens femininas. O conjunto de bonecos em questão tem Kylo, tem Finn, tem Po (de uniforme de piloto), Tem Chewbacca, tem um Stormtrooper de Primeira Ordem, e tem um Piloto de Caça Tie de Primeira ordem. Dois personagens randômicos? Porque não? Mas-deus-me-livre de ter Rey. Nup. Nadinha de Rey. Muito menos de Capitã Phasma.

De todos os seus 191 produtos que a Hasbro Brasil disponibiliza no site, apenas 8 são de personagens femininas. Além disso, a Capitã Phasma (que também não aparece no conjunto dos personagens) parece ter cedido lugar a um tal de Capitão Phasma – um ótimo reflexo do modo como a empresa divide o seu sistema de busca “Para Meninos” e “Para Meninas”.

Ano passado Gamora foi excluída da equipe de Guardiões da Galáxia em praticamente todos os produtos. Viúva Negra vem lutando com a falta de representação  no merchandising desde o primeiro Vingadores. Espero que a parte da Lucas Filmes dentro da Disney faça um trabalho melhor do que a da Marvel vem fazendo com suas fãs. Sim, é produtor licenciado, mas a empresa detentora dos direitos pode sim influenciar as empresas que compram esses direitos de reprodução a incluir maior diversidade. Igualdade não se atinge apenas no pôster do filme.

Principalmente com tão poucas opções, o biquíni de escrava da Leia estar supostamente aposentado parece cada vez melhor. Rey pode não precisa lutar contra o biquini dourado, mas aparentemente vai ter que continuar lutando contra a invisibilidade. #whereisrey

*** Caí nesse texto da Raíssa do Nerdivinas em que ela escreve uma carta pra a Hasbro exatamente sobre o sumiço da Rey “Querida Hasbro, meninas também gostam de Star Wars.”

  • Breno scafura

    Olá rebeca, li seu texto através de uma amiga. Não sei se você é entusiasta de colecionáveis, mas vou deixar a mesma resposta que deixei para a minha amiga. Talvez.

    “Eu entendo o posicionamento da empresa, infelizmente a maioria das meninas preferem bonecas barbie (ou são condicionadas). Já os meninos não brincam com “bonecas”. É um paradigma. Esses brinquedos são voltados ao sexo masculino, nem tem pra onde correr.Inclusive, a Hasbro fabrica miniaturas colecionáveis de diversas franquias e ambos os sexos de personagens são contemplados. Vale lembrar também a existência da marvel legends, uma das linhas mais importantes da escala 1/12 de super heróis. Eu não digo que o texto está equivocado, mas, também não dou razão pra ele. Infelizmente as coisas funcionam assim. Ou as crianças são educadas de outra forma ou continuaremos tendo brinquedos exclusivamente para meninos ou para meninas. Não vai ser a Hasbro que vai mudar isso.”

    É apenas umas opinião, continue escrevendo. Meu objetivo não é deslegitimar o seu sentimento, mas acho que você não tem tanta familiaridade com o mercado de colecionáveis e brinquedos.

    Abraços!

    • Rebeca Puig

      Breno, já rolou #wheresgamora #wheresnatasha e agora tá #wheresrey e #wheresphasma e você vem me dizer que não tem interesse o suficiente para que elas sejam produzidas? A questão aqui não é só os colecionáveis, mas os brinquedos infantis também. Colecionáveis, aliás, são os que mais produzem essas personagens, mas eles também são bem mais caros e muitas vezes fora do alcance de quem quer adquirir os brinquedos. Sim, a hasbro fabrica miniaturas, e a grande maioria são de personagens masculinos. Dividir que “meninas gostam de barbie” e meninos não brincam de bonecas é uma visão maniqueísta do modo como meninas e meninos são criadas. Minha prima acaba de ganhar de dia das crianças um sabre de luz que ela escolheu. Para quebrar esse tipo de pensamento maniqueísta é necessário que a representação feminina aumente também nessas horas, no merchandising. E porque assumir que garotos não iam querer a boneca da Rey ou da Phasma? Enquanto a gente continuar fazendo essa divisão besta do que é “para garotos e para garotas” sempre vai ter quem saia perdendo - e sempre quem vai ter a maior perda vão ser as meninas.
      Pode continuar achando o que você quiser, eu não quero deslegitimar o seu sentimento, mas acho que você não tem muita familiaridade com o modo como a falta de representação feminina atinge as meninas e as mulheres.

  • Fabio Farro de Castro

    Curioso que a DC também está nessa de sumir com as personagens femininas. De vez em quando, passa uma propaganda de uma linha de bonecos da Liga da Justiça no Cartoon Network. Superman, Batman, Flash, Lanterna Verde… E nada da Mulher-Maravilha! No lugar, colocaram o Robin!! Até hoje fico impressionado pelo o fato da única vez que vi duas action figures femininas da DC com preços acessíveis foi na época da Liga da Justiça Sem Limites. Eram a Zatanna e a Mulher-Gavião.

  • Arthur

    Meninos brincam com bonecos baseados em personagens femininos, SIM! Esse argumento não cola. Ou você ficaria satisfeito em ter os 4 Power Rangers menos a rosa? Jamais, não é mesmo? Em 1995, todos os meus amigos só se davam por satisfeito se tivessem a Ranger Rosa. E boa parte dos meninos ainda reclamavam “não tá igual na TV. Cadê a saia dela?”.

  • Isabela

    Como podem saber se meninas gostam ou não das action figures se não as fabricam? A gente só brincava com barbie pq só fabricavam barbies, era uma das poucas representações que tínhamos, mas se fizerem, elas terão a chance de conhecer

  • Pingback: Kill it with fire: Hackeie um Secador - IBM -()

  • Pingback: Em 2015, bonecas quebraram estereótipos de gênero e padrões de beleza - Prosa Livre()

  • Pingback: It's a Trap: Rey é excluída do Monopoly de Star Wars - Ninguém se surpreende. -()

  • Pingback: Rey, a protagonista de "Star Wars: O Despertar da Força", ficou de fora do Monopoly - Prosa Livre()

  • Pingback: Crianças criam suas próprias bonecas da Rey, personagem de "Star Wars: O Despertar da Força" - Prosa Livre()

  • Pingback: O Caso Rey - Merchandising, Personagens Femininas e Machismo. -()

  • Pingback: Fabricantes foram instruídos a excluir Rey dos produtos de Star Wars. -()

%d blogueiros gostam disto: